*** Tudo o que fizermos, para o bem ou mal, a nós retornará triplicadamente e nesta encarnação. ***

Tipos de Vegetarianismo

terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

A partir de hoje teremos semanalmente postagens sobre saúde alimentar, sobre tipos de vegetarianismo, equívocos que comumente acontecem e dietas e rotinas vegetarianas.

Dentre os tipos de vegetarianismo temos: 

Vegetariano: o vegetarianismo inclui o veganismo e define-se como a prática de não comer carne (aves, peixe, ovelha etc.) nem seus subprodutos (bacon, salsicha, presunto etc.), com ou sem uso de laticínios e ovos. O vegetariano não come nada que implique em tirar a vida de um animal. O regime vegetariano não é, pois, exclusivamente vegetal e seu nome não se origina de alimentação vegetal e, sim, do latim vegetus que significa "forte", "vigoroso", "saudável".

Subdivididos muitas vezes em ovo-lacto e lacto, os vegetarianos podem tentar ou não reduzir seu uso de produtos animais não alimentícios, como fazem os veganos.

Ovo-lacto-vegetariano: não consome nenhum tipo de carne, mas inclui ovos e leite (e derivados, como queijo, iogurte etc.) em sua alimentação. Esta é a forma mais "popular" de vegetarianismo.
 
Lacto-vegetariano: não consome nenhum tipo de carne, mas inclui leite e derivados do leite (laticínios).

Vegano:  os veganos excluem de sua alimentação todos os produtos de origem animal.  Além de carnes, peixes, aves, laticínios (leite, manteiga, queijo, iogurte etc.), excluem ovos, mel, gelatina etc. Os veganos evitam o uso de couro, lã, seda e de outros produtos menos óbvios de origem animal, como óleos e secreções presentes em sabonetes, xampus, cosméticos, detergentes, perfumes, filmes etc.
O veganismo é mais um estilo de vida do que apenas uma opção alimentar. Esta opção é seguida como um princípio, pois é quase impossível ser 100% vegano, pois nesse caso o vegano não poderia ir ao cinema nem bater fotografias  (porque no filme tem gelatina), não poderia andar de carro ou de ônibus, porque os pneus contêm  produtos de origem animal, muitas vezes os bancos são de couro etc.

Veg: apelido resumido de vegetariano; costuma incluir os veganos.

Vegetariano estrito: originalmente o mesmo que vegano; agora pode significar vegano ou vegetariano.

Crudívoro: o crudivorismo admite apenas a ingestão de alimentos crus.

Frugívoro (ou frutívoro ou frutariano): sistema alimentar que admite apenas o consumo de frutas na alimentação.

Freegano - o freegano (uma corruptela deliberada da palavra vegano) come aquilo que encontra no lixo. Apesar de os freeganos serem mais radicais que os veganos ao se recusarem a comprar qualquer tipo de alimento, eles também são mais flexíveis, já que não têm objeções éticas a comer produtos animais que foram jogados fora. Eles querem evitar dar dinheiro àqueles que exploram os animais. Uma vez que um produto foi descartado, não faz diferença para o produtor se o alimento é consumido ou incinerado. Alguns freeganos continuam não gostando da idéia de comer um cadáver e – apesar de estarem dispostos a comer alimentos de latas de lixo – eles são bem informados sobre a contaminação fecal na carne e compreendem os riscos à saúde envolvidos em comer qualquer coisa que tenha passado por um abatedouro. 
 
Fonte: Sítio veg

Todos os tipos de vegetarianismo devem ser respeitados, pois o preconceito ainda existe. Alimentos que são servidos em lanches coletivos geralmente  na sua grande maioría não atendem a pessoas vegetarianas e os equívocos são muitos comuns, como de sempre se pensar que todos são carnívoros e que ser vegetariano não implica extamente em ser herbívoro.

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares

Peço perdão àqueles que possa ter omitido os créditos e peço que, por favor, avise para que possa ser creditado.
Cidade de Vênus © 2013